Os Aleloquímicos atuam na comunicação interespecífica, ou seja, entre membros de diferentes espécies.

São substâncias voláteis produzidas pelo emissor, que têm a função de dar “sinais” ao recetor, alterando o seu comportamento.

Os Aleloquímicos podem ser divididos em Alomomas que favorecem a espécie emissora de sinal, em Cairomonas que favorecem a espécie recetora do sinal, e as Sinomonas onde ambas são favorecidas.

Os Alomonas geralmente são compostos utilizados para a defesa da espécie. As Cairomonas são as sustâncias produzidas por uma presa, que são detetadas pelo predador. As Sinomonas são infoquímicos que são pertinentes para a biologia de um organismo e que, quando em contacto com um indivíduo de outra espécie, são favoráveis para ambos os organismos.