A farmacognosia é uma ciência multidisciplinar que visa o estudo das propriedades físicas, químicas, bioquímicas e biológicas de potenciais fármacos de origem natural, bem como a descoberta de novos fármacos a partir de fontes naturais.

As fontes naturais podem incluir vegetais, animais ou microrganismos. Dentro das matérias-primas vegetais, existem as plantas medicinais, que podem ser definidas como as plantas utilizadas na terapêutica devido à sua atividade farmacológica (mesmo quando não inscritas nas farmacopeias), pois contêm metabolitos interessantes para a indústria farmacêutica.

A farmacognosia é interdisciplinar, fazendo interface com a botânica, etnobotânica, antropologia médica, biologia marinha, microbiologia, fitoquímica, fitoterapia, farmacologia, farmácia clínica, agronomia, entre outros áreas.

É uma ciência de extrema importância na descoberta de novos agentes biologicamente ativos.