A nanotecnologia é um ramo das ciências aplicadas orientada para novas tecnologias, em que a matéria é manipulada à escala atómica e molecular para criar novos materiais e processos com características funcionais diferentes dos materiais comuns.

Esta tecnologia envolve um conjunto de técnicas baseadas na Física, Química, Biologia, Medicina, Engenharia de Materiais e na Informática.

As aplicações da nanotecnologia estão presentes em chips de computador, em cosméticos, na indústria médico-hospitalar, em revestimentos químicos, no desenvolvimento de alimentos, entre outras.

As aplicações médicas incluem, por exemplo, meios de diagnóstico miniaturizados que possam ser implantados para um diagnóstico precoce de doenças. Os revestimentos de base nanotecnológica podem melhorar a bioatividade e a biocompatibilidade dos implantes. Estruturas de apoio (scaffolds) com capacidade de organização autónoma abrem o caminho para novas gerações de materiais biomiméticos e de engenharia tecidular, com potencial a longo prazo para a síntese de órgãos de substituição.

Estão a ser desenvolvidos sistemas inovadores para administração orientada de medicamentos e, recentemente, foi possível canalizar nanopartículas para o interior de células tumorais, como forma de tratamento, por exemplo, térmico.