Vivemos cada vez mais numa sociedade preocupada com a saúde, que se reflete no comportamento do dia-a-dia mas, principalmente, na sua alimentação, onde as plantas medicinais emergem como alternativa aos produtos sintéticos, devido às suas propriedades nutricionais e bioativas.

Achillea millefolium L., vulgarmente conhecida como mil-folhas, milefólio ou erva-das-cortadelas, pertence à família das Asteraceae, é uma planta herbácea, com um ciclo de vida muito longo, até 2 anos, e as suas raízes formam rizomas dos quais crescem novas plantas. Têm folhas largas e as suas flores são brancas organizadas em capítulos. São muito comuns em prados, caminhos, lavouras e hortas. Encontram-se disseminadas por toda a Europa e também na Ásia.

A sua infusão é muito utilizada na Europa como um remédio para o tratamento de problemas digestivos, diabetes, doenças hepatobiliares e amenorreia. A decocção é utilizada para distúrbios digestivos e intestinais, sendo também usada como aplicação tópica para inflamações da pele e mucosa. Todas as partes da planta são usadas para a preparação das infusões e decocções nomeadamente, raízes, caules, folhas e flores.

Apresenta propriedades antitumorais, antimicrobianas, anti-inflamatórias e antioxidantes, sendo uma planta muito estudada para isolamento de compostos com fins farmacêuticos, medicinais e alimentares.