O eco que ouvimos em certas ocasiões deve-se à repetição de um som pela reflexão da sua onda sonora. Todas as ondas, e a onda sonora, em particular, quando encontra uma barreira (rochedo, prédio), parte é absorvida e a outra parte é refletida.

A ecolocalização, usada pelos morcegos e pelos golfinhos, é um bom exemplo. Estes mamíferos emitem ultra-sons (frequências superiores à audição humana) para evitarem obstáculos.

A ecografia também se realiza usando o efeito do eco de ultra-sons. Depois de analisadas as ondas refletidas, vemos uma imagem do feto na barriga da mãe, com tal precisão, que é possível identificar o sexo do bebé.