O cabelo é formado por queratina que é produzida nos folículos capilares. Essa queratina, constituída principalmente por proteínas, dá ao cabelo a resistência que o caracteriza. Essa resistência deve-se a um aminoácido, cistina, que possui enxofre. Os átomos de enxofre de uma molécula de proteína estabelecem uma ligação entre eles, a “ponte de cistina”, que é muito difícil quebrar. Nos cabelos encaracolados existem mais átomos de enxofre que, ao formarem essas “pontes”, vão dobrando as cadeias de proteínas. O mesmo não acontece com os cabelos lisos que possuem menos enxofre.

Quem nunca sentiu o cheiro a enxofre do cabelo queimado?