A composição dos gases intestinais depende do que comemos, do ar que respiramos e também da ação das bactérias intestinais.

O mau cheiro resulta da formação de gases que possuem enxofre na sua constituição, como por exemplo, o ácido sulfídrico.

Se comermos alimentos ricos em enxofre, como por exemplo, a couve-flor, os brócolos, o alho ou o queijo, aos gases praticamente inodoros vão-se juntar gases ricos em enxofre, que lhes vão conferir um mau odor. Por isso, na ausência de enxofre, os gases intestinais não têm cheiro desagradável.