Os pigmentos naturais servem não apenas para colorir os alimentos, mas principalmente para promover a saúde e o bem-estar. Apesar de não terem propriedades nutritivas, são grandes aliados no combate e na prevenção de doenças.

Os alimentos que possuem as cores amarelo e alaranjado têm um pigmento chamado beta-caroteno. Encontra-se na manga, damasco, cenoura, abóbora e fortalece o sistema imunológico, ajuda na prevenção do cancro e deixa a pele saudável.

Os alimentos que possuem a cor vermelha têm o pigmento designado licopeno; encontrado no tomate, goiaba e melancia. É um poderoso antioxidante que combate os radicais livres, auxiliando na prevenção do cancro de próstata, mama e na luta contra o envelhecimento.

A cor verde é encontrada nas couves, espinafres, brócolos, ervilhas, salsa e chá verde devido ao pigmento chamado clorofila, que é um excelente antioxidante e purificador do sangue, fortalece o sistema imunológico e tem propriedades protetoras contra toxinas.

A cor vermelho-escuro ou roxa é conferida por pigmentos designados antocianinas, que encontramos nas uvas, amoras, figos, framboesas e beterrabas. São fontes de antioxidantes, ajudam na redução do colesterol, da obesidade, da diabetes e da aterosclerose.

A cor branca é encontrada nos alimentos devido às antoxantinas. Existem na cebola, alho e couve-flor, que são ricos em minerais e antioxidantes, reduzem o colesterol e previnem o cancro.

Prefira uma alimentação variada e equilibrada para o bom funcionamento do corpo e da mente, mantendo assim uma saúde sã.