A eutrofização é o aumento substancial de fósforo e azoto nos sistemas aquáticos, sendo acelerada pelas más práticas agrícolas e pela descarga de efluentes não tratados. Outro factor que agrava este processo é a degradação da mata ribeirinha devido à artificialização das margens dos rios.

Esta mata é um filtro biológico que retêm nutrientes e poluentes. Também regula a temperatura da água e a luminosidade que chega ao leito do rio.

Mais fósforo, azoto e luz favorecem a proliferação exagerada de algumas espécies de algas.

E o resultado é o Rio Fervença ficar verde durante os meses de Verão!