A forma como cada um de nós é resulta da interação dos nossos genes com o ambiente que nos rodeia, desde a nossa conceção até à morte.

O ADN é constituído por quatro tipos de tijolos básicos, os nucleótidos ou bases: a adenina, a guanina, a timina e a citosina, que se associam de uma forma específica. As probabilidades de associação são muitas e por isso somos todos diferentes. O ADN tem a forma de um escadote enrolado, ou seja, de uma hélice dupla, em que os degraus são formados por pares de bases ligadas entre si. À sequência completa do ADN de cada célula chama-se genoma.