Dor de burro, um termo utilizado na linguagem popular, refere-se a uma pontada abdominal na porção superior do abdómen, abaixo das costelas.

Geralmente, inicia com uma dor pouco intensa mas tende a agravar-se, com a continuidade do esforço físico, chegando por vezes a ser muito violenta (dor aguda), obrigando o atleta a parar devido à dor e também à dificuldade em respirar.

Na maior parte das situações, esta dor aparece no decorrer de um esforço físico e aumenta se o esforço prosseguir, mas também diminui e desaparece com a paragem e com o controlo da respiração (inspirando profundamente).

Como evitar a dor de burro?

- fazer um prévio aquecimento antes do esforço físico;

- comer três horas antes do início do esforço (para que a digestão esteja completa no momento do início do esforço físico);

- comer refeições leves (se a refeição for muito pesada produzirá gazes intestinais);

- beber líquidos moderadamente durante a digestão.