Por um período de tempo acreditava-se que a causa das pequenas rugas nos dedos, quando imersos em água por um período de tempo, era pelo facto de a pele inchar, sem qualquer função associada, o que na realidade não é verdade.

Recentes investigações comprovam que a causa do enrugamento da pele dos dedos é a contração dos vasos sanguíneos das extremidades dos dedos, um processo ativo integrante da termorregulação, comandado pelo sistema nervoso para regulação da temperatura do organismo. A contração provoca uma diminuição do volume dos dedos, mas como a pele mantém o mesmo tamanho, esta enruga-se.

Esta resposta natural resulta da necessidade do ser humano de obter uma maior aderência a pisos e objetos molhados ou imersos. Como no caso dos nossos antepassados que necessitavam de pescar utilizando somente as mãos, ou a necessidade de equilíbrio quando se anda descalço sobre um piso molhado ou, ainda, o facto de um jogador de pólo aquático carecer de segurar com firmeza a bola do jogo.