Depois de comermos, principalmente refeições ricas em açúcares, desencadeia-se a produção de insulina, pelo pâncreas. O aumento do nível de insulina vai desencadear o movimento e ação de um aminoácido essencial do cérebro designado por triptófano.

No cérebro produz-se serotonina, um neurotransmissor que tem várias funções, nomeadamente, no controlo do humor e na indução do sono. Além disso, a sonolência também aumenta porque quando os alimentos chegam ao estômago o sangue é desviado de outras áreas do corpo para ajudar na digestão, o que faz com que o cérebro fique menos oxigenado. Devido a esses efeitos, deve-se evitar a ingestão de grandes quantidades de alimentos às refeições, ricos em açúcares e gorduras, principalmente se houver necessidade de conduzir máquinas ou desenvolver alguma atividade profissional, evitando dessa forma, a probabilidade de ocorrência de acidentes.

De realçar que a manutenção de uma alimentação mais equilibrada, contribui para uma vida mais saudável.