O ouvido é o órgão responsável pelas funções da audição e do equilíbrio. Este órgão faz a captação da vibração das ondas acústicas no ar, os sons propriamente ditos, transformando-os em impulsos nervosos para que o cérebro os codifique e para que consigamos desenvolver uma comunicação verbal. O ouvido humano de um jovem tem a capacidade de ouvir sons entre as 20 e 20000 vibrações por segundo (Hertz (Hz)), no entanto à medida que envelhecemos perdemos capacidade de audição particularmente às frequências mais altas. Por exemplo, o ouvido aos 60 anos, para muitas pessoas, ouve apenas entre os 20 e aproximadamente os 12000 Hz.

O ouvido humano como um órgão encontra-se subdividido em três partes: o ouvido externo, médio e interno. A manutenção do nosso equilíbrio (posição vertical) depende essencialmente dos canais semi-circulares localizados no ouvido interno. Contudo os olhos, músculos e membros também têm um papel importante. Todas as informações destes órgãos são organizadas no cérebro que coordenadas asseguram o equilíbrio.

Ainda no ouvido interno existe uma membrana gelatinosa que transmite as vibrações dos sons a milhares de células ciliadas, localizadas na cóclea, que transmitem impulsos ao cérebro através do nervo acústico. Com o movimento da cabeça, a membrana gelatinosa desloca-se e os cílios transmitem ao cérebro a informação sobre a velocidade e a direção dessa deslocação.